Prof. Eng. Mario de Miranda

Mario de Miranda (Milão, 1954) é engenheiro de projetos de pontes e estruturas.
Diplomado em 1979 pelo Politécnico de Milão, registrou-se no Conselho Regional de Engenharia da Província de Milão em 1980 e no Conselho dos Verificadores de Estruturas e Pontes da Região de Lombardia desde 1992. É sócio da empresa Studio de Miranda Associati de Milão e autor de projetos e de realizações de obras de engenharia e arquitetura construídas na Itália e em vários outros países.

Entre as obras de arquitetura- engenharia lembramos o projeto das estruturas do Hangar Atitech no Aeroporto de Nápoles- Capodichino, o projeto do Pavilião principal da Feira de Pordenone e o projeto do Heliporto elevado do “Lingoto” em Turim, projeto este pelo qual recebeu o prêmio ECCS – European Convention os Constructional Steelwork, em 1997.

No campo das infraestruturas rodoviárias existem muitos projetos de pontes estaiadas recentemente construídas na Itália, e entre estes destacamos a Ponte estaiada no rio Livenza em Meduna, o projeto da estrutura da ponte do Porto Comercial de Veneza e a ponte em arco no rio sao Bernardino a Verbania.

No Brasil é autor do projeto da ponte sobre o rio Sergipe em Aracajú, a ponte sobre o rio Potengia em Natal, a ponte sobre o rio Guamá em Belém e a ponte de conexão entre Brasil e Guyana Francesa no Oiapoque, no Estado de Amapá; na República Dominicana a ponte sobre o rio Higuamo a San Pedro di Macoris, com vão central de 390m.

Foi o principal consultor da Gec Alstrom Sdem para as atividades de construção e montagem dos tabuleiros da ponte no estreito de Storebaelt em Dinamarca, que inclui uma ponte suspensa com vão central de 1624m . Na época da sua construção representava o maior vão livre até aquele momento realizado.

É autor de publicações e de memórias técnicas  no campo dos projetos de construção de pontes e estruturas, e ainda coautor da secção “Pontes”  do Manual de Engenharia Civil   publicado pela editora Zanichelli e da secção ” Os procedimentos de construção” do texto “Ingegneria delle Strutture” ( NdT. Engenharia das Estruturas) na edição de UTET de 2002.

Em publicações de pesquisas abordou com interesse temas ligados aos materiais sustentáveis para os países em desenvolvimento e da necessidade de existir uma melhor e mais eficaz integração entre engenharia e arquitetura, desde o ensino chegando até na prática com a  elaboração dos projetos e a construção.     

Foi relator de várias apresentações, aulas e cursos sobre temas de Engenharia Estrutural em diferentes universidades na Europa, Ásia e  Ámerica do Sul.

É docente de “Progettazione Strutturale” (NdT Projetos de Estruturas) na Universidade de Veneza no curso do diploma de Especialização em Arquitetura para a Construção.

Italiano Inglês Espanhol Francês